5º Festival do Videogame

Evento reúne centenas de fãs de todas as idades na capital de São Paulo

Compartilhe:

Aconteceu em São Paulo no dia 27 de abril de 2019, o 5º Festival do Videogame, evento organizado pelo pessoal da  Warpzone,  Casa do Videogame, Playtoy e RetroCambuci, que reuniu centenas de fãs de videogames na cidade nesse fim de semana.

O evento

Muitas pessoas garimpando jogos e consoles retrô no evento.

O evento aconteceu no bairro do Pari, na região central da cidade de São Paulo, com fácil acesso de carro e de ônibus, mas não tanto assim de metrô. Mas de qualquer forma, o evento estava muito bem localizado e não houve nenhuma dificuldade para chegar no local. Importante dizer que o evento foi totalmente gratuito, o que certamente atraiu um número maior de pessoas amantes dos joguinhos eletrônicos.

Dentro do 5º Festival do Videogame, muitos jogos podiam ser jogados e em seus consoles originais! Desde MSX até um grupo fanático por Odyssey disponibilizaram seus videogames para que o público se divertisse e trocasse muita ideia. O pessoal da empresa de modificações de consoles Gamescare também levou uma espécie de TV de estúdio profissional para rodar jogos retro. A imagem nela é de fato muito melhor que se comparado às TVs comuns e o mais importante foi que deixaram livre para quem estivesse passando jogar nela. Assim, foi possível eu ter experimentado jogar OUTRUN 2 de PS2, e posso dizer que, embora eu não tenha nenhum interesse de comprar esse tipo de equipamento, de fato foi uma experiência fantástica jogar nessa tela. Ainda no saguão principal, se viam um sem número de banquinhas de retrogames com jogos e consoles antigos, bem como outros diversos vendedores divulgando seus produtos: como revistas de videogames e diversos gadgets, pôsteres e outras objetos produzidos artesanalmente.

Banquinha da revista Old Bits
O mestre Marcus Vinicius Garrett Chiado, jogando no tubo profissional da galera da Gamescare
Estande da revista NVerse
Como dito, haviam muitos e muitos jogos para gastar seu dinheiro
O ícone Fábio Santana que trabalha na CAPCOM e trabalhou durante anos na revista GAMERS tirando um contra maroto no PS2

Legal dizer também que houve um campeonato de Super Street Fighter 2 Turbo, no qual eu não consegui acompanhar todo o desfecho, mas que estava muito bacana e animado, com jogadores de todas as idades, inclusive um menino de 9 anos que tomou um Perfect do oponente.

Campeonato de Super Street Fighter 2 TURBO, organizado pela Warpzone

Resumindo: um evento de qualidade

Além de ser extremamente divertido passar o sábado em meio a centenas de jogos, acessórios, consoles retro e pessoas ligadas ao mundo dos games, o evento teve o ponto extremamente positivo de ter sido gratuito e também o fato de que era totalmente possível jogar diversos títulos e fazer ou reviver boas amizades no cenário de retrogames nacional. Conversando com Cleber Marques (um dos sócios da Warpzone), foi revelado ao Jogando Casualmente que a pretensão dos organizadores do evento é fazer uma edição dessas a cada 2 meses, movimentando o cenário retrogamer e possibilitando que as pessoas se encontrem com frequência nessas feiras. De fato é uma ótima notícia e só nos resta torcer para que se torne realidade e que criemos uma cultura de eventos gratuitos na cidade, o que certamente beneficiará a todos os envolvidos.

E você, caro leitor? Esteve no evento? Conversou comigo durante a feira? Gostaria de ter ido e não teve possibilidades de participar por morar longe? Não deixe de nos dizer nos comentários e expressar o que achou de nossa cobertura sobre o evento. Nos vemos no próximo texto ou podcast!

Alguma sugestão de tema? Envie para contato@jogandocasualmente.com.br

Siga a gente em facebook.com/JogandoCasualmente

Acompanhe nossos Tweets em twitter.com/JCasualmente

Deixe seu comentário