833257

Review Dead Cells – Prepare-se para morrer!

Dead Cells é um jogo roguelike-metroidvania extremamente fluído, frenético e viciante, que conta com um estilo de pixel art muito bonito e caprichado. O jogo desenvolvido pela Motion Twin foi muito bem nas críticas recebendo várias notas altas dos mais diversos portais de games.

Você vai acordar numa masmorra sem conhecimento algum de quem ou do quê é você, e então deverá sair em busca de respostas, passando pelos mais diversos ambientes enquanto causa um caos irrefreável.

Ano: 2017/2018
Jogadores: 1
Gênero: Roguelike, Metroidvania
Classificação indicativa: 14 anos
Português: Legendas e interface
Plataformas: PC, macOS, Linux, Switch, PS4, Xbox One e iOS

Jogabilidade frenética

No Dead Cells você percorre os mais variados ambientes estraçalhando os inimigos pelo seu caminho, e é aí onde o jogo mais brilha. Com uma jogabilidade extremamente refinada e movimentos precisos, o combate engaja de forma fluída, contando com um arsenal gigantesco de armas, como espadas, machados, arcos, balestras e granadas. A partir do momento em que o jogador entrar em combate ele sentirá todo o peso e velocidade dos mais diversos ataques que se encaixam de forma precisa, e a fluidez dos vários combos, até acabar com o último inimigo presente na tela.

Dificuldade recompensadora

O jogo conta com uma dificuldade bem difícil, onde você morrerá várias e várias vezes, e essa dificuldade só tende a aumentar durante o decorrer do jogo. Mas, temos uma dificuldade recompensadora, pois após superarmos os desafios sentimos aquela sensação de dever cumprido, assim como em jogos da série souls, e conforme mais difícil o inimigo, provavelmente melhor equipamento e mais células você receberá. Vale lembrar que ao morrer você retornará ao início do jogo, perdendo as células e equipamentos que tinha, mas irá manter todos os upgrades e equipamentos que já foram desbloqueados.

Células para tudo

Durante a jogatina recebemos células por matar alguns inimigos e chefes ou por cumprir certos desafios. Essas células serão utilizadas para comprarmos upgrades para o personagem, como mais frascos de recuperação de vida, podemos desbloquear novas armas, armadilhas, mutações, lojas e até mesmo novos visuais para o personagem. Também podemos utilizar as células para aumentar a chance de recebermos itens de maior qualidade nas próximas jogatinas, lembrando que só ao término de cada fase teremos a possibilidade de utilizar as células adquiridas.

Arsenal vasto

Algo notável no Dead Cells é o seu imenso arsenal de armas, onde conforme mais você joga mais armas brutais desbloqueará. As armas mudam completamente o jeito de se jogar, você pode preferir jogar de arco a uma distância segura ou destroçar os inimigos com espadas imensas. No jogo contamos com dois espaços para armas como arcos e espadas e mais dois para armas secundárias como granadas ou armadilhas, essas que vão entrar em um tempo de espera por alguns segundos após serem utilizadas.

Além disso podemos combinar armas para termos um aproveitamento melhor, como, por exemplo, utilizar uma espada que encharca o inimigo de óleo e uma tocha para incendiá-lo, ou então uma magia de gelo para paralisá-lo e um grande e lento martelo com muito dano para esmagá-lo. Temos várias combinações que estarão a disponibilidade do jogador. Embora essas armas venham de forma aleatória, podemos comprá-las se estiverem disponíveis em vendedores que encontramos no cenário.

Podemos utilizar ouro para reforjar as habilidades dos equipamentos, como, por exemplo, uma espada que incendeie ou congele inimigos, também encontramos no jogo desafios diários, que ao cumprirmos receberemos recompensas.

Mutações

As mutações serão modificadores muito úteis para o jogador, podemos adquiri-las em um determinado personagem. Teremos a capacidade de utilizar ao máximo três mutações, dentre elas, temos algumas como a capacidade de recuperar um pouco de vida ao matar um inimigo, aumentar o dano de granadas, ou reduzir o tempo de utilização de habilidades. São várias mutações que serão desbloqueadas pelo jogador ao longo das jogatinas, sendo muito úteis utilizá-las focando nos seus equipamentos atuais, podendo assim tirar o máximo de proveito delas.

Inimigos

Dead Cells conta com uma grande variedade de inimigos, bem construídos e bem animados, como escorpiões, zumbis, vermes, morcegos, cavaleiros, esqueletos e por aí vai. Eles contam com um determinado padrão de ataque, onde ao se aprender como um inimigo se movimenta podemos derrotá-los com certa facilidade, ou pelo menos conseguiremos sobreviver a eles. Já os chefões são únicos e costumam ter mais de um padrão de ataque, ao se esgotar determinada porcentagem de vida de um chefão ele mudará seu padrão de ataque.

Ambientes Únicos

Sem dúvidas os ambientes do jogo são muito únicos e bonitos, o jogo conta com um estilo de pixel art invejável, sendo muito bem animado pela galera da Motion Twin. Temos vastos e diversificados ambientes. Sendo um dos muitos pontos altos do jogo, percorremos masmorras com celas apertadas e corredores úmidos, subimos torres com suas muitas engrenagens, descemos a esgotos com seus encanamentos estragados, entramos em cidades que estão desmoronando, andamos pelos muros de castelos, e adentramos palácios repletos de coisas brilhantes.

Temos diferentes cenários com características únicas que nunca serão iguais graças ao jogo se utilizar da construção de fases procedurais, fazendo com que o jogador não fique cansado pela repetição.

Trilha sonora

Não podemos esquecer da trilha sonora não é mesmo? Dead Cells conta com uma trilha sonora de alta qualidade. Temos músicas ambientes que combinam perfeitamente com os locais, as músicas dos combates instigam o jogador a acabar com todos os inimigos, e as músicas dos chefões também não fazem nada feio. A trilha sonora é tão boa que você nem se frustrará ao morrer várias e várias vezes enquanto as escuta, definitivamente um dos pontos mais altos do game.

Prós

  • Combate refinado
  • Grande arsenal de armas e possibilidades
  • Ambientes diversificados
  • Trilha sonora

Contras

  • O jogo pode vir a ficar repetitivo. (mas isso só ocorrerá depois de muitas e muitas horas de jogatina)
  • História pouco desenvolvida

Este review foi feito usando uma cópia de Xbox One adquirida pelo autor