minesweeper-genius-capa

Review Minesweeper Genius – Campo minado com incrementos

Conhece o bom e velho Campo Minado dos antigos Windows? Minesweeper Genius, desenvolvido e publicado pela Blowfish Studios, é um simples e diferente jogo de campo minado com recursos adicionais feito para as plataformas mais recentes do mercado de games. Aqui você joga com o zelador Aristóteles, o qual precisa fugir de uns aliens enquanto recupera sua memória – que história, hein?! – e ouve uma música eletrônica

Ano: 2019
Jogadores: 1
Gênero: Puzzle, Estratégia, Tabuleiro
Classificação indicativa:
Livre
Português: Apenas legendas
Plataformas: Xbox One, PS4, Switch, Android e iOS
Duração: Sem registros

Juro que esse tipo de coisa faz falta

Um jogo (também) para iniciantes

Se você, assim como eu, nunca entendeu muito bem as regras do campo minado, parabéns! Até hoje não sei as regras do jogo original, mas Minesweeper Genius traz um estilo diferente, moderno e mais simplificado do jogo clássico, onde até o mais leigo dos seres humanos consegue jogar, até porque existe um “como jogar” dentro de uma área de ajuda. A premissa é simples: chegue até a luz para vencer a fase evitando os campos com armadilhas, você começa com 3 estrelas (para calcular a pontuação) e vai perdendo elas a medida que for morrendo. No começo é tudo extremamente fácil e, obviamente, com o passar das fases a dificuldade vai aumentando e novas mecânicas são inseridas no jogo, as quais você usa para chegar até o final. Também é importante dizer que as fases são geradas de forma aleatória, então nem pense que vai decorar o caminho, reiniciar a fase e dar uma de ligeiro para chegar até à luz – RÁ, eu tentei fazer isso.

Esse jogo tem uma arte bonita, sério

Jogo tecnicamente polido

Ok, não existe muito para se falar de um jogo de campo minado, mas preciso destacar que fizeram um trabalho muito bem feito aqui. Além do jogo não ter problemas de tamanho de fonte nem nada do tipo no modo portátil (joguei no Nintendo Switch), o estilo gráfico dele, os menus e as músicas se encaixam muito bem, mostrando o que um design bem projetado faz diferença até mesmo no mais simples dos jogos. A tradução para português também está bem localizada, portanto não se preocupe em encontrar coisas como “costas” traduzido da palavra “back” em inglês.

Deveriam ter investido mais no modo personalizado, é o charme do jogo

Podiam ter feito algo a mais aqui

Caso você tenha acabado de jogar as mais de 100 fases existentes e queira algo a mais, o jogo também oferece um modo de criação de fases personalizadas, o qual você configura através de um menu como deseja que a fase seja criada para depois executar a mesma. Acho que isso foi bem desperdiçado, porque seria bem interessante desafiar seus amigos criando fases manualmente – editando todos os campos -, salvando elas e dando para que outras pessoas jogassem seus experimentos. Seria quase um Mario Maker, não é?! Quem sabe poderíamos até fazer upload destas fases para outras pessoas jogarem online e tudo mais… ok, fui bem longe.

Simplicidade e simpatia, é assim que consigo definir Minesweeper Genius

Custo-benefício

Pra finalizar, ficou bem claro que Minesweeper Genius é um jogo para ser jogado sem compromisso, que possui premissa simples e jogabilidade de fácil aprendizado. Considero que ele vale a pena ser jogado até mesmo pelo seu preço, cerca de R$ 25 nos consoles e apenas R$ 2,00 no mobile. Aliás, parece que o modo personalizado é exclusivo dos consoles até o momento desta análise, então fique atento se planeja adquirir por causa deste recurso.

Prós

  • Jogo bonito e simpático
  • Gerador de fases personalizadas
  • Manual de como jogar
  • Aprendizado fácil e rápido
  • Para todas as idades
  • Jogo clássico modernizado

Contras

  • Fases personalizadas poderiam ter mais recursos

Este review foi feito usando uma cópia para Switch cedida com carinho pela Blowfish Studios