Patrulha Canina Capa

Review Patrulha Canina: Super Filhotes Salvam a Baía da Aventura (Switch) – Finalmente um acerto

Há muito tempo venho prometendo pra mim mesmo que testaria todos os jogos infantis possíveis que me chamassem a atenção. Tenho um grande preconceito com os produtos de games eletrônicos feitos pensando no público infantil, e isso porque a maioria que tive contato apresentavam uma proposta completamente preguiçosa ou com mecânicas defasadas e muito convenientes para a maximização do lucro com pouco esforço. Se tem algo que abomino é o “faz qualquer coisa aí, são crianças”. 

Já tiveram essa sensação com jogos infantis? Nem quando eu era criança havia tantos jogos sendo lançados de forma apressada com um nível de qualidade tão baixo e, infelizmente, parece ser uma tendência das últimas gerações de videogames.

Porém, na noite mais escura, surge uma grata surpresa: Patrulha Canina. Confesso que nunca assisti o desenho na TV, mas apenas cheguei a dar uma olhada em alguns vídeos para entender do que se trata. E posso dizer que esse jogo tem qualidade.

Desenvolvimento: DRAKHAR STUDIO
Distribuição: Outright Games
Jogadores: 1-2 (local)
Gênero: Aventura, Multiplayer
Classificação: Livre
Português: Dublagem, legendas e interface
Plataforma: Xbox One, Switch, PS4 e PC
Duração: Sem registro

Salvem a Baía da Aventura

Esmaga botão

Patrulha Canina: Super Filhotes Salvam a Baía da Aventura é uma grande surpresa para mim. O mais novo jogo da Patrulha Canina, um desenho que faz sucesso entre o público infantil, de longe conseguiu se mostrar um dos produtos de videogame mais bem feitos recentemente, na minha opinião. Apesar de trazer uma proposta simples dada a faixa etária de seu público-alvo, o jogo possui uma jogabilidade variada entre todas as fases apresentadas.

A história é bem decente: um meteoro acabou de cair no local próximo ao QG de Ryder e sua Patrulha Canina, e quando eles vão investigar o ocorrido, os filhotes acabam adquirindo superpoderes por conta das propriedades mutantes do objeto vindo do espaço. A cada estágio, podemos jogar com dois filhotes – não selecionáveis – do grupo da Patrulha Canina, cada um com sua própria habilidade e responsabilidade dentro do cenário.

Cenários

Todos os personagens disponíveis possuem as mesmas mecânicas padrão, que é o pulo e a corrida. Apesar de não existirem inimigos ou ameaças pelas fases, vários quebra-cabeças que envolvem mini games interativos servem como o desafio central, de cenário a cenário. O público infantil certamente se sentirá desafiado, já que muitos puzzles exigem um pouco de agilidade, habilidade em esmagar botão e paciência para tentativa e erro, mesmo que a punição seja basicamente nula.

Além disso, biscoitos e distintivos estão espalhados por todo o ambiente em cada fase, como também pacotes especiais. Isso serve para dar um senso de missão cumprida e liberar alguns colecionáveis e minigames.

Extras interessantes

Boogie dos Filhotes

Patrulha Canina: Super Filhotes Salvam a Baía da Aventura é bem curto e possui menos de 10 fases, porém, o que faz com que o fator replay seja relativamente alto são os joguinhos extras. São vários tipos de minigames disponíveis para até 2 jogadores se divertirem no multiplayer local – o modo História também possibilita jogar em duas pessoas -, como um que se assemelha a uma espécie de Dance Dance Revolution, outro que lembra as fases aquáticas de Crash Bandicoot 3 e alguns que experienciamos durante o modo História fase-a-fase, que podem ser jogados novamente nesta área do menu.

Um ponto negativo é que alguns joguinhos são bem fáceis e oferecem apenas um nível de dificuldade. Por exemplo o Boogie dos Filhotes – que é o de dança -, que achei honestamente bem divertido, mas seu desafio é incrivelmente baixo e não existe variedade. Eu diria que, se esse fosse o único jogo extra disponível, possuísse vários níveis de dificuldade e músicas diferentes, já teria valido a pena.

Já na seção de galeria existem figuras diversas de animais e personagens humanos, que nada mais são do que cards decorativos que você simplesmente abre e admira. Infelizmente, nenhuma função adicional ou propósito tem ali.

Parte triste

Seleção de fases

É um ponto a se elogiar a dublagem completamente fiel à obra original da TV, mas é bem esquisito notar que algumas frases nas legendas são diferentes do que está sendo falado. Além disso, em vários momentos, o personagem repete frases de forma irritante sem oferecer a opção de desabilitar os tutoriais.

Mas a pior parte é quando o diálogo simplesmente corta antes de chegar ao final, o que demonstra falta de polimento. Porém, isso não é exclusivo da localização em Pt-Br, e nos outros idiomas a mesma coisa acontece. Por fim, tive alguns crashes na versão inicial do jogo, que depois foi corrigido com updates.

Desafio light, mas um produto honesto

Poderes

Patrulha Canina: Super Filhotes Salvam a Baía da Aventura é um dos melhores jogos infantis que joguei nos últimos tempos. Recentemente tive acesso ao jogo Ben 10: Power Trip, que acreditei que seria um game que valorizaria a lore de Ben Tennyson e seus amigos, porém em poucos minutos é possível notar o quanto se trata de algo propositalmente mal feito e com baixo polimento, já que o público-alvo não é tão exigente.

Por outro lado, este jogo faz jus ao desenho Patrulha Canina e mostra que foi feito com carinho e dedicação, sabendo que, apesar de crianças serem as consumidoras desse tipo de produto, não existe motivo para fazer algo sem qualidade e com o mínimo esforço possível.

Cópia de Switch cedida pelos produtores

Revisão: Kiefer Kawakami

Patrulha Canina: Super Filhotes Salvam a Baía da Aventura

8

Nota final

8.0/10

Prós

  • Bons gráficos
  • Multiplayer local
  • Minigames
  • Boa duração
  • Fator replay

Contras

  • Dublagem encerra repentinamente
  • Minigames com poucas dificuldades
  • Co-op sem câmera individual